A NOSTRO é uma jovem produtora do Rio de Janeiro que produz conteúdo audiovisual. Criada em 2016 pelo sócio-produtor Carlos Eduardo Valinoti que, depois de passar por diferentes produtoras e produzir diferentes projetos, sentiu a necessidade de criar sua própria produtora para realizar produções sustentáveis e plurais. A Nostro apresenta projetos de jovens autores em crescimento no país com potencial de exploração em diversos segmentos. São narrativas com potencial de retorno artístico e financeiro com responsabilidade social e representatividade gerando reflexão para diferentes públicos.

 

Na carteira da produtora consta filmes exibidos em importantes festivais nacionais e internacionais tais como Clermont-Ferrand, Festival de Vancouver, Frameline, Festival de Varsóvia, Mostra Internacional de São Paulo, Festival do Rio, entre outros. Além dos projetos em desenvolvimento, a Nostro investe na ampliação de novos parceiros com a participação em mercados internacionais como Ventana Sur (Buenos Aires), European Film Market (Berlim) e Marché du Film (Cannes).

Cadu-VHS_pb.png

EQUIPE NOSTRO

Valinoti_PhotoID.jpg

CADU VALINOTI

PRODUTOR

Cadu Valinoti é produtor graduado em Cinema pela PUC-Rio e com formação executiva no Reino Unido. Com experiência em documentários, curtas e longas, já passou por importantes produtoras no Rio, tendo produzido para Canal Brasil, OFF, Multishow e ESPN. No mercado publicitário produziu para Google, Nike, Corona, Coca-Cola, Heineken e Yahoo UK. Foi coordenador de produção de "O Grande Circo Místico", de Carlos Diegues (Festival de Cannes 2018). Foi produtor executivo de filmes premiados como “Favela Gay”, de Rodrigo Felha e “Fala Comigo” de Felipe Sholl, ambos Prêmios de Melhor Filme no Festival do Rio. Suas últimas produções foram "Sem Seu Sangue", de Alice Furtado (Quinzena dos Realizadores - Festival de Cannes 2019); e as produções ainda inéditas "Los Abismos", de Agustina San Martin e "Os últimos dias de Gilda" (Berlinale Series 2021), de Gustavo Pizzi. Cadu também cuida dos projetos sob chancela de sua produtora Nostro, onde desenvolve projetos autorais e finaliza seu primeiro longa, “Planta Baixa”, de Miwa Yanagizawa e Igor Angelkorte. Também participa de mercados como Ventana Sur, European Film Market, Marché du Film e fez parte do Berlinale Talents Campus em 2017. Paralelamente a sua carreira cinematográfica, Cadu investe parte de seu tempo como professor na Academia Internacional do Cinema, trocando e aprendendo com estudantes jovens e sonhadores

Junia%20Foto%201_edited.jpg

JUNIA MATSUURA

COORDENADORA INTERNACIONAL DE FUNDOS

Formada em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal Fluminense. Durante seus estudos, produziu vários curtas-metragens e participou de vários festivais de cinema, além de um ano de estágio na Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Em 2010, fez um intercâmbio de um ano na França na Universidade Lumière Lyon II. Desde 2013 vive em Berlim e acaba de concluir um Master of Arts em estudos cinematográficos na Universidade Livre de Berlim. Desde 2017, ela faz parte do coletivo berlinense transmidiático Passage Zustand como Produtora e Dramaturga. Nos últimos dois anos, passou pelo departamento de fundos internacionais do Festival de Berlim (Berlinale) - World Cinema Fund, e pelas empresas alemães Niko Film, One Two Films, The Match Factory. Atualmente, trabalha como Coordenadora de captação de recursos internacionais para Nostro e também colabora com outras produtoras no Brasil.